Tel: +55 (51) 3265-1717

Image
O Projeto VDS/CBC trouxe melhorias para a vela no clube?

O Veleiros do Sul apresentou no início de 2018 um relatório completo à CBC sobre a evolução da vela no clube graças aos Editais: nº 01 / Convênio nº 04 – PROJETO FORMAÇÃO DE ATLETAS I que iniciou em 2014 e finalizou em 2017 e o de nº 05 / Convênio nº 51 – Projeto Vela de Base com início em 2017 e encerramento em 2017.


Os dados computados mostraram um panorama muito positivo no desenvolvimento da vela e confirmou que quando os investimentos chegam realmente até os atletas os resultados aparecem. A formação de atletas da modalidade olímpica, deu um salto por meio da aquisição de barcos, equipamentos e materiais, todos voltados ao desenvolvimento dos atletas, na escola de vela, nos treinamentos e nas competições, com foco em cinco classes: Optimist, Laser, 420, 470 e Hobie Cat.

Foram atendidos e passaram por processo de formação 94 atletas sendo que inicialmente a previsão era de 46 beneficiados. Melhorias significativas no rendimento dos treinamentos e competições foram alcançadas. Resultado disso pode ser constatado no Campeonato Brasileiro Interclubes da Juventude de 2017 quando o Veleiros do Sul foi o campeão nas classes Laser Radial e 420.

Houve melhoras significativas no rendimento dos treinamentos nos resultados das competições pela qualificação dos materiais e equipamentos. Em 2016 o VDS alcançou o título de melhor Estado no Campeonato Brasileiro de Optimist e em 2017 alcançou o título de melhor flotilha no Campeonato Estadual.

O Veleiros do Sul realizou uma pesquisa de satisfação entre as pessoas envolvidas diretamente e indiretamente nos convênios. O projeto contribuiu significativamente para a melhoria das condições de treinamento e competição oferecido aos atletas e pelas condições oferecidas aos técnicos e instrutores com os novos equipamentos.

Os resultados da pesquisa apresentada comprovaram o índice de satisfação de atletas, técnicos, instrutores e steackholders (pais e associados) com respostas de 99,0% das respostas entre muito bom (78,4%) e Bom (20,6%).

A pesquisa de satisfação apontou os seguintes dados resultados no relatório:

Melhoria na infraestrutura do clube: Ótima - 81,4% (79); Muito boa - 17,5% (17); Boa - 1% (1)

Ruim - 0% (0) e Piorou - -0% (0)

Melhoria dos serviços, treinamentos e aulas oferecidas Ótimo - 78,4% (76)

Muito bom – 20,6% (20); Bom - 1% (1); Ruim - 0% (0) e Piorou - 0% (0)

Contribuição na formação do atleta. Muito - 68,8% (66); Médio -4,2% (4); Pouco - 0% (0); Não aplicável (steackholders) – 27,1%; Avaliação geral do desenvolvimento do projeto: Ótimo - 76,3% (74); Muito bom – 22,7% (22); Bom  - 1% (1); Ruim - 0% (0); Piorou - 0% (0)

 

No Projeto Vela de Base era mais focado na Escola de Vela, e não propriamente nas competições. Melhorias no convívio e na integração social dos alunos/atletas; autoestima dos atletas; capacidades e habilidades motoras dos atletas; das condições de saúde dos atletas e dos profissionais ou esporte envolvidos.

A execução deste projeto contribuiu para minimizar e resolver alguns problemas da escola de vela com relação a materiais e equipamentos, resultando num programa de treinamento nos padrões internacionais, com melhorias nos seguintes aspectos, técnico e de segurança e comunicação. Foi ampliado o número de atletas atendidos na escola de vela pela aquisição de barcos da classe Optimist e seus respectivos equipamentos necessários para velejar, em condições adequadas para treinamento de novos velejadores.

Passamos de 33 alunos/atletas para 51 e aumentamos o número de técnicos e instrutores de 4 para 6 técnicos. Objetivo atingido com o número de 51 alunos/atletas foi alcançado como resultado de um trabalho intenso de captação da Escola de Vela. Este aumento na demanda, consequentemente, obrigou o clube a aumentar o número de técnicos e auxiliares. O trabalho desenvolvido fez com que o clube passasse a colher os frutos, com os excelentes resultados conquistados em competições nacionais e internacionais.