Tel: +55 (51) 3265-1717

Copa Brasil terá Robert Scheidt na disputa da Laser e Isabel Swan na Nacra 17

Medalhistas olímpicos serão atrações especiais da competição em Florianópolis, nas classes em que disputaram os Jogos Rio 2016 

Tiago Campamte - Assessoria CBvela

A Copa Brasil de Vela 2018 terá a participação muito especial de dois velejadores medalhistas olímpicos. Atleta brasileiro com o maior número de pódios olímpicos (cinco no total), Robert Scheidt vai disputar a competição na classe Laser, na qual conquistou dois ouros (Atlanta-1996 e Atenas-2004). E Isabel Swan, medalhista de bronze em Pequim-2008, vai competir na Nacra 17, ao lado de João Bulhões. As primeiras regatas estão marcadas para a próxima terça-feira, dia 20, a partir de 12h, na sede Oceânica Jurerê do Iate Clube de Santa Catarina.

"Estou indo pelo prazer do esporte. Não quer dizer que eu tenha voltado definitivamente à classe ou tenha aspiração olímpica. Não estou pensando nisso. Quero ir para curtir a minha velejada. Lógico que quero ir bem, mas o intuito é voltar a velejar num grande evento e numa classe que me deu tanto prazer. E num lugar maravilhoso como Florianópolis", afirmou Robert Scheidt, que disputou os Jogos Rio 2016 na Laser.

A última participação de Scheidt na Copa Brasil tinha sido em março de 2017, ainda pela classe 49er. Na semana passada, o velejador conquistou o título do Sul-Americano da classe Star, no Rio de Janeiro. No embalo dessa competição, decidiu participar da Copa Brasil na sequência.

Já Isabel Swan também não participava da Copa Brasil desde o começo de 2017. Após um período afastada do esporte, aos poucos retoma a carreira dentro d’água.

“Estou feliz de retornar. Estamos treinando há apenas dois meses, mas a gente vai batalhar e tentar colher bons frutos na raia”, disse Isabel, medalhista de bronze na classe 470 feminina em Pequim.

A Copa Brasil é organizada pela Confederação Brasileira de Vela, com patrocínio oficial do Bradesco desde a primeira edição, e conta ainda com a parceria da Federação de Iatismo de Santa Catarina e do Iate Clube de Santa Catarina.

O campeonato serve de seletiva para a formação da Equipe Brasileira de Vela de 2019 e terá disputa nas seguintes classes: RS:X (Masc e Fem.), Laser Standard, Laser Radial (Fem.), Finn, 470 (Masc e Fem.), 49er, Nacra 17 Foil (Misto), Snipe (Misto), Lightning (Misto), Formula Kitesurf (Open). A disputa vai até o dia 24 de novembro.

Assim como nos últimos anos, paralelamente à Copa Brasil de Vela acontece a Copa Brasil de Vela Jovem, que estará aberta às seguintes classes: RS:X (Masc. e Fem.), Laser Radial (Masc. e Fem.), 420 (Masc. e Fem.), 29er (Masc. e Fem.) e Nacra 15 (Misto). O objetivo é oferecer aos velejadores que estão em fase de iniciação e aperfeiçoamento no esporte a oportunidade de ter um contato próximo com os atletas que estão em campanha pan-americana e olímpica.