Tel: +55 (51) 3265-1717

Equipe de Daniel Glomb é a campeã do Chocolate Nestlé Cup

O velejador paranaense liderou a competição barco contra barco, na Baía de Guanabara, desde o primeiro dia. A chave feminina teve três equipes que se destacaram

Por João Pedro Nunes - ZDL

Rio de Janeiro (RJ) - A regularidade e a experiência na modalidade match race foram determinantes para que Daniel Glomb (Veleiros do Sul) conquistasse o título do Chocolates Nestlé Match Cup, competição de barco contra barco realizada na Baía de Guanabara. Glomb venceu, na final, o multicampeão norte-americano Paul Cayard e recebeu troféu e R$ 10 mil de prêmio. No feminino, a vitória foi de Carol Béjar, que superou Juliana Senfft, e ficou com prêmio de R$ 8 mil. A premiação total foi de R$ 56 mil. A competição reuniu desde quinta-feira alguns dos maiores nomes da vela mundial e os principais velejadores brasileiros, num total de 96 competidores. Entre eles estavam 12 campeões mundiais.

Glomb_Match_race_nestle

Depois de dois dias chuvosos e ventos inconstantes, o domingo amanheceu com a cara do Rio de Janeiro - sol, calor e vento, entre 8 e 12 nós, suficiente para cumprir a programação extensa devido ao adiamento de todas as regatas do sábado. Foram disputadas 32 regatas na raia montada próximo ao Iate Clube do Rio de Janeiro, que completaram a fase de classificação, quando todos se enfrentaram entre si. Os dois melhores de cada chave decidiram o campeonato em uma única regata. A classificação a partir do terceiro lugar ficou definida pelos resultados da fase inicial.

No masculino, Paul Cayard manteve excelente regularidade. Venceu mais duas regatas - Marco Grael e Daniel Glomb - e conheceu sua única derrota nesta fase, somando 6,25 e classificando-se em primeiro lugar. Glomb teve um péssimo dia nesta fase e perdeu três vezes - para o francês Xavier Rohart, Cayard e João Signorini. Mesmo assim, garantiu o segundo lugar com os cinco pontos que acumulara nos dois primeiros dias. Os destaques do domingo foram o grupo de Scheidt que venceu três regatas e ficou em segundo na flotilha, assumindo a terceira colocação ao final da competição, e Rohart e Signorini, ambos com três vitórias e uma derrota, que terminaram em quinto e sexta, respectivamente. Torben Grael, com duas vitórias e uma derrota, finalizou em quarto lugar.

Na final, a equipe de Glomb recuperou-se completamente. Conseguiu boa largada sobre Paul Cayard e logo assumiu a ponta, contornando a primeira bóia com vantagem de cinco segundos. A diferença a favor time nacional foi aumentando até a terceira perna, 16 segundos, e no final Glomb cruzou a linha quatro segundos à frente de Cayard, devolvendo a derrota da fase de classificação e conquistando o título do Chocolates Nestlé Match Cup.

O grupo chegou ao Iate Clube do Rio de Janeiro e foi muito festejado pelos amigos. "Ninguém imaginava que podíamos vencer no meio de tantas feras. Mas a tripulação é experiente, entrosada e conseguiu velejar com poucos erros. Na regata decisiva, fizemos tudo certo e o vento aumentou um pouco (para 12 nós), ficando na condição que o nosso grupo gosta de velejar", explicou Glomb, admitindo que esta é uma das vitórias mais importantes de sua carreira.

O paranaense Glomb, de 28 anos, deixou o esporte em 2007 para se dedicar à advocacia - formou-se em 2006. Atualmente cursa pós-gradução na USP, em São Paulo , em Direito do Trabalho, e ajuda a cuidar dos escritórios do pai no Paraná e em São Paulo. Ao lado de alguns dos parceiros deste domingo, ele conquistou o bicampeonato sul-americano de match race em 2005 e 2006 e foi o brasileiro mais bem colocado no ranking mundial em 2006, o 26º . Completaram sua tripulação no Rio de Janeiro, Alexandre Mueller, Frederico Sidou, Lucas Ostergreen, Gustavo Thiesen, Rene Garrafielo e Alexandre Saldanha, campeão mundial de J/24.

O vice-campeão Paul Cayard foi elegante ao reconhecer as qualidades do adversário. "O Glomb demonstrou maturidade e competência na final e o Brasil mostrou mais uma vez que tem ótimos velejadores. O campeonato teve alto nível técnico e estou muito feliz de poder voltar mais uma vez ao Rio, uma cidade que adoro. Se mantiver esta qualidade a vela brasileira poderá confirmar sua fama nas próximas Olimpíadas", analisou.

Feminino ficou polarizado entre três tripulações - A chave feminina não teve o equilíbrio da masculina. A rodada do domingo ficou polarizada entre três tripulações: Juliana Senfft venceu quatro vezes e terminou a fase em primeiro lugar, com 7,5 pontos. Ela ganhou todos os confrontos e terminou em segundo lugar na regata de flotilha. Carol Béjar e Fernanda Oliveira ficaram iguais, com três vitórias e uma derrota cada, mas a primeira classificou-se para a final, com sete pontos, enquanto Oliveira somou apenas seis.

A regata decisiva foi bastante disputada. A equipe comandada por Senfft largou na frente, mas Béjar montou a primeira boia na liderança, com três segundos de vantagem. Aos poucos foi consolidando a vitória até cruzar a linha 30 segundos depois de Senfft, garantindo o título do Chocolates Nestlé Match Cup.

"A final foi muito difícil", analisou a campeã Béjar. "O vento estava inconstante, com rajadas fortes e a tripulação foi muito bem para garantir o título", acrescentou. "Nosso grupo está entrosado e esperava um bom resultado. O campeonato teve bom nível técnico e até as meninas menos experientes velejaram muito bem". Ó time campeão tem duas médicas, Carol Béjar e Tatiana Novaes, uma veterinária, Andréa Grael, mulher de Torben, e a administradora Odile Ginaldi.

O pódio da competição foi muito festejado. Participaram da premiação, além das autoridades e representantes da Nestlé Brasil, as atrizes Flávia Alessandra, da novela "Caras e Bocas", Adriana Birolli, de "Viver a Vida" e a miss Brasil Nathalia Guimarães`.

Resultados

Masculino

Flotilha :

Signorini - 1

Scheidt - 0,5

Cayard - 0,25

Fonseca - 0

Rohart 1 x 0 M.Grael

Rohart 1 x 0 Glomb

Cayard 1 x 0 M.Grael

Fonseca 1 x 0 Signorini

Scheidt 1 x 0 T.Grael

Scheidt 1 x 0 Rohart

T.Grael 1 x 0 Fonseca

Cayard 1 x 0 Glomb

Signorini 1 x 0 M.Grael

Signorini 1 x 0 Glomb

Scheidt 1 x 0 Cayard

Rohart 1 x 0 Fonseca

T.Grael 1 x 0 M.Grael

Final

Glomb 1 x 0 Cayard

Feminino

Flotilha:

Oliveira - 1

Kostiw - 0,5

Aimone - 0,25

Chagas - 0

Chagas 1 x 0 Kostiw

Oliveira 1 x 0 Aimone

Senfft 1 x 0 Béjar

Senfft 1 x 0 Mota

Bejar 1 x 0 Aimone

Oliveira 1 x 0 Kostiw

Rocha 1 x 0 Chagas

Senfft 1 x 0 Chagas

Oliveira 1 x 0 Rocha

Aimone 1 x 0 Mota

Béjar 1 x 0 Kostiw

Mota 1 x 0 Kostiw

Chagas 1 x 0 Aimone

Senfft 1 x 0 Oliveira

Béjar 1 x 0 Rocha

Final

Béjar 1 x 0 Senfft

Classificação final do campeonato

Masculino

1.- Daniel Glomb -

2.- Paul Cayard -

3.- Robert Scheidt - 4,5 pontos

4. - Torben Grael - 4,5

5.- Xavier Rohart - 4,25

6.- João Signorini - 4

7.- André Fonseca - 3

8.- Marco Grael - 0

Feminino

1.- Carol Béjar -

2.- Juliana Senfft -

3.- Fernanda Oliveira - 6 pontos

4.- Marta Rocha - 3,25

5.- Raquel Aimone - 3

6.- Denise Chagas - 2,25

7.- Juliana Mota - 2

8.- Adriana Kostiw - 0,5

Rio Faz Bem Nestlé - O Chocolates Nestlé Match Cup integrou a plataforma de eventos Rio Faz Bem Nestlé, que ressaltou o que o Rio de Janeiro tem de melhor: a cordialidade e a hospitalidade dos cariocas, as belezas naturais e a brasilidade desta capital que se consolida a cada ano como pólo de cultura e entretenimento. Além do Chocolates Nestlé Match Cup, a cidade recebeu, desde novembro, o NESCAU Energy Street Festival, que integrou etapa mundial da modalidade, o Seminário Nestlé Brasil Global, com a presença de Kofi Annan, Prêmio Nobel da Paz e Sétimo Secretário Geral da ONU e ainda o espetáculo Parada Disney, que veio ao Brasil pela primeira vez e tomou a praia de Copacabana.

O Chocolates Nestlé Match Cup teve patrocínio da Nestlé, apoio da FEVERJ, CBVM e ICRJ. A realização foi da Maior Entretenimento e produção Brasil1 Esporte.