Tel: +55 (51) 3265-1717

Aventura de SUP pela Lagoa dos Patos foi tema no jantar dos Cruzeiristas

Os Cruzeristas reuniram-se na noite de quarta para o tradicional encontro mensal do grupo. O jantar ficou à cargo do decano dos Cruzeiristas Fernando José Silveira, acompanhado pelo trio dos Silveiras. O prato principal elegido por ele foi língua ao molho de ervilhas, arroz, purê com entrada de saladas e pudim na sobremesa.

Mas à noite teve a apresentação sobre a circunanavegação feita pelo mergulhador Leandro Fraga, o Raí, convidado do Mãe Vinícius Magalhães para palestrar sobre a sua aventura que durou 76 dias de SUP (stand up paddle) pela Lagoa dos Patos. E quando o assunto é Lagoa dos Patos, sempre remete um sentimento familiar ao grupo. Foi uma boa conversa que animou o jantar. Raí mostrou as fotos do percurso de cerca de 1.100 km em solitário no pranchão. O inusitado da palestra para os cruzeiristas foram os pontos visitados por Raí pela orla da lagoa, lugares de pouco acesso.

 

No início da jornada Raí mostrou fotos de encontros com associados do VDS pelo caminho, entre eles Carlos Alberto Branco, presente no jantar.  Foram diversos relatos de enfretamentos de clima adverso, teve a prancha virada e perda de equipamentos, perigos entre jacarés e outros animais selvagens, além das dificuldades na navegação. Por outro lado, ele terminou a jornada enriquecido com as pessoas e amizades que encontrou nos pontos de paradas. “A solidariedade do povo da lagoa é algo incrível", Mais que uma aventura, a sua história é uma lição de vida e superação pessoal.

Ao encerrar a sua palestra foi aplaudido e recebeu convite para participar do Velejaço Limpa Trapiche no dia 20. No final foram lidas as atas da reunião de agosto e a da ata histórica de 1969. José Geral Möller foi solicitado a pagar uma rodada de Nikolasca e o Mãe pagou uma rodada de chope, ambos pelos seus aniversários. Para o jantar de outubro foi convocado como cozinheiro João Carlos Kanan.