Tel: +55 (51) 3265-1717

Vinhos franceses e Paella Valenciana deram o toque especial no jantar dos Cruzeiristas

 No encontro dos Cruzeiristas teve França e Espanha no cardápio do jantar de novembro. À noite começou com uma degustação de Terroirs franceses da Empório Mundo oferecido pelo casal Didier Simon e Ana Fátima, convidados do cruzeiristas cozinheiro Reneu Ries. Os vinhos também foram para as mesas acompanhar a deliciosa Paella Valenciana que foi preparada por Everton Castilhos da Barcelos Gastronomia, enquanto acontecia a degustação.

A reunião teve cerca de 40 pessoas e boa presença feminina com 10 mulheres. O Mãe Vinícius Magalhães abriu a sessão Cruzeirista com a leitura da ata de outubro e na continuação o cozinheiro Reneu Ries leu a ata história de outubro de 1970, porém, antes de faze-la, contou como surgiu essa tradição. Ao ingressar no Grupo dos Cruzeiristas, Reneu procurou ler o antigo livro de atas para saber melhor da história da confraria.
“Conforme fui lendo percebi que as atas contavam um pouco da história do Clube e por isso sugeri na época ao Mãe que elas fossem também lidas na reuniões, por trazerem um conteúdo importante nos acontecimentos da vela. As primeiras couberam a mim fazer a leitura, mas depois solicitei que deveriam ser feitas pelo cozinheiro, como forma de prestigiar o cruzeiristas, pois assim considero essa honra”, contou Reneu.

O Comodoro Eduardo Ribas agradeceu ao cruzeiristas Reneu Ries por sua manifestação e num breve relato falou sobre o desempenho do Veleiros do Sul nas competições de outubro e novembro, destacando a vitória no Troféu Cayru com o barco Optimystic, de Pedro Mota, o título conquistado no 49º Circuito Rio e Brasileiro de ORC pelo Crioula Team, dos irmãos Eduardo e Renato Plass e o Sul-brasileiro de Laser. “ Nesse campeonato o VDS teve 1/3 dos 60 velejadores participantes; fomos campeão com Phillip Grochtmann, na Laser Standard e os seis primeiros classificados eram do Clube, além de vitórias nas categorias: Tiago Quevedo campeão Sub-19, André Streppel, pré-master, e Marcelo Galicchio e na sub-21. E ainda na 4.7 com Felipe Fraquelli.”

 
Móbil: Veja todas fotos do álbum aqui

O comodoro ainda citou o vice-campeonato argentino da classe 470 com a nossa dupla Ricardo Paranhos e Rodolfo Streibel. E anunciou as próximas competições que o VDS estará presente: o Sul-brasileiro da classe Optimist e Copa Brasil de Vela que deverá ter 35 barcos do Clube em Florianópolis, e também o Mundial de Soling na Argentina.

Na parte Social destacou o sucesso da Oktoberfest, com a participação de 230 pessoas, mantendo a tradicional festa do Clube. Eduardo Ribas falou sobre o Prêmio Fenaclubes na categoria Comunicação recebido pelo Veleiros do Sul. A premiação é considerada o "Oscar" do segmento clubístico, revelando o Clube Destaque do Ano no desenvolvimento de suas atividades sociais, esportivas, culturais e de comunicação. A distinção foi recebida pela comodoria do VDS durante o Congresso Brasileiro de Clubes que contou com a presença do Ministro dos Esportes Sr. Leonardo Picciani. Participaram o Comodoro Eduardo Ribas e a esposa Carla Splettstosser e o vice-comodoro Social Gustavo Geyer e a esposa Karina Toimil Geyer, responsáveis pela criação do projeto VDS TV. “Quando falamos desse prêmio, devemos salientar a dimensão dessa vitória, por termos disputado entre os maiores clubes do Brasil”, salientou.

O cruzeiristas Olavo Torres falou sobre a ata de 1970 lida por Reneu, que traz no texto uma menção de Walter Bromberg, presente na reunião de ontem, sobre as regatas para a Lagoa dos Patos e o “adestramento das tripulações” para competições de longo percurso. No final da reunião o cruzeirista Maneca pagou uma rodada de Nikolaska e chope em razão de seu aniversário.

Ficou definido que o jantar dos Cruzeiristas de encerramento do ano ficará à cargo da Comodoria que termina sua gestão em dezembro.