Tel: +55 (51) 3265-1717

Crioula29 assume a primeira colocação da ORC no Campeonato Brasileiro ABVO

Na IRC, barco com Maurício Santa Cruz pula na frente de veleiro com Lars Grael. Na categoria ORC, barco gaúcho Crioula, do Veleiros do Sul, com velejadores em campanha olímpica passam a frente. Campeões Brasileiros ABVO nas regras IRC e ORC em Búzios serão conhecidos neste sábado no emprereendimento Aretê em parceria com a BR Marinas. Cerimônia de premiação ocorre às 19h 

 Gallas/Press Crédito foto: Gabriel Heusi / Heusi Action 

Com um dia perfeito de ventos e condições do mar, foram realizadas as duas regatas previstas nesta sexta-feira e em ambas os barcos Crioula 29, do Rio Grande do Sul, e Danadão, do Rio de Janeiro, venceram e pularam na frente no Campeonato Brasileiro ABVO regras IRC e ORC, em Búzios (RJ), realizado no empreendimento Aretê / BR Marinas. O evento, organizado pela ABVO, tem o patrocínio master do Empreendimento Aretê contando com a estrutura da BR Marinas e do Hotel Aretê - Búzios, e o apoio do ICAB, da Ipanema Ventures, CBVela e Prefeitura de Búzios. A competição termina nesta sábado com cerimônia de premiação às 19h.

Na classe ORC, o Crioula 29, que teve problemas no primeiro dia e não completou, venceu as duas regatas, a primeira uma Barla Sota e a segunda uma regata de percurso passando pela ilha Rasa, ilha Feia, Laje das Enchovas e a chegada nas proximidades do Iate Clube de Armação dos Búzios, o ICAB. A equipe do Rio Grande do Sul pulou na frente deixando o Duma em segundo lugar no geral. O Duma, barco do comandante Haakon Lorentzen, membro da família real da Noruega, ficou em sétimo na Barla Sota e em terceiro na regata de percurso. No terceiro geral está o barco do Rio de Janeiro, Angela VI. 

"O Crioula velejou mais consistente, a flotilha cometeu alguns erros de manobra, perdeu vela, e o Crioula velejou rápido, mais eficiente e fino que os outros barcos e achoque no último popa pegou mais vento e mais pressão e conseguiu andar mais a frente que os outros barcos. Barco funcionou tudo bem, ganhamos a primeira regata com boa vantagem. Fizemos primeiro bom contra-vento, velejamos com vela boa até a ilha, barco andou bastante rápido, tivemos um pequeno erro logo depois, passando a bóia, jogamos um pouco de tempo fora, a segunda volta da regata foi bastante boa", disse Samuel Albrecht, um dos comandantes do barco e que faz campanha olímpica na classe Nacra 17 para Tóquio 2020 e tem duas participações olímpicas em Pequim de 2008 e Rio-2016. "Foi uma regata muito boa, sem onda, bom vento, algumas rajadas mais fortes, mas foi muito boa a regata", Renato Plass. O Crioula tem participação como tático de Geison Mendes, que faz campanha olímpica para a classe 470 nos Jogos de Tóquio. 

Na classe IRC o dia foi do Danadão que havia ficado com o segundo lugar no primeiro dia. O barco comandado por Guilherme Raffare e com presença de Maurício Santa Cruz, com participações olímpicas e cinco títulos mundiais, sendo um na Snipe e quatro na J-24, venceu as duas regatas superando em ambas o Mahalo com presenças de Lars Grael, medalhista de Bronze em Seul 1988 e Atlanta 1996, e Clínio de Freitas, bronze com Lars na Coreia do Sul. O Mahalo, de Niterói (RJ), é comandado por Ricardo Silveira e Colin Gomm. A classificação geral coloca o Danadão na ponta seguido pelo Mahalo e o Rudá, pentacampeão Brasileiro. 

"Foi um ótimo dia para nós, boas condições de vento, nosso barco é planador, mais moderno, então foi o ideal pra gente hoje. Amanhã previsão de um pouco menos vento, deve equilibrar mais, a disputa ainda está em aberto, promete ser acirrada e deve ficar entre nós e o Mahalo", disse Maurício que já competiu junto e contra a tripulação com Lars e equipe: "Somos amigos, competimos juntos e contra, conheço ele e toda tripulação há anos, é uma rivalidade saudável". 

O Campeonato Brasileiro ABVO regras IRC e ORC termina neste sábado com a previsão de duas regatas a partir das 12h, ambas Barla Sota, de acordo com o árbitro-geral do evento, Cuca Sodré, membro do quadro internacional da World Sailing. A cerimônia de premiação vai ocorrer às 19h no empreendimento Aretê. 

RESULTADOS DESTA SEXTA-FEIRA:

Regata 2 - Barla Sota 

IRC

1 - Danadão (RJ) - 1h09min18s
2 - Mahalo (RJ) - 1h11min59s
3 - Rudá (SP) - 1h13min40s
4 - Esculacho (RJ) - 1h14min21s
5 - Zorro (SP) - 1h14min28s
6 - Boto V (SP) - 1h15min29s
7 - Loyality (RS) - 1h15min42s
8 - Dona Bola (RJ) - 1h17min02s
9 - Cherne (RJ) - 1h18min08s
10 - Phanton of the Opera (ES) - 1h18min57s
11 - Lady Milla (RJ) - 1h19min58s
12 - Sargaço (RJ) - 1h24min41s

ORC

1 - Crioula 29 (RS) - 56min19s
2 - +Bravíssimo (ES) - 1min32s atrás
3 - Angela VI (RJ) - 2min06s atrás
4 - Maestrale (RJ) - 2min28s
5 - Santa Fé V (RJ) 2min44s
6 - Maximus (RJ) - 3min39s
7 - Duma (RJ) - 5min55s
8 - Vesper IV (RJ) - 7min23s
9 - Marlim (RJ) - 9min18s
10 - Bijupira (RJ) - Não completou
11 - Fire & Forget - Não largou 

Regata 3 - Percurso

IRC 

1 - Danadão - 2h00min23s
2 - Mahalo - 2h04min52s
3 - Zorro - 2h08min09s
4 - Boto V - 2h09min17s
5 - Loyality - 2h09min18s
6 - Esculacho - 2h12min03s
7 - Rudá - 2h13min17s
8 - Dona Bola - 2h18min28s
9 - Lady Milla - 2h19min54s
10 - Phanton of the Opera - 2h21min36s
11 - Cherne - 2h23min59s 

ORC

1 - Crioula 29 - 1h41min38s
2 - Angela VI - 3min04s atrás
3 - Duma - 3min34s
4 - Santa Fé V - 7min05s
5 - Maximus - 7min45s
6 - Maestrale - 8min30s
7 - Fire & Forget - 9min36s
8 - Bijupira - 12min45s
9 - + Bravíssimo - Não completou
10 - Marlim - Não largou
11 - Vesper IV - Não largou