Tel: +55 (51) 3265-1717

Falta de vento neste domingo alterou programa de regatas da Semana de Vela de IIhabela

ZDL Ilhabela (SP) – O tradicional desfile de barcos abriu na manhã deste domingo (14) a 46ª edição da Semana Internacional de Vela de Ilhabela. Centenas de pessoas, entre turistas e moradores do arquipélago turístico, se concentraram no Race Village, montado no Centro Histórico da Vila, para assistir às 120 embarcações de diversos tamanhos desfilarem no canal de São Sebastião. 
Na sequência, foi dada a largada (com atraso de uma hora) para a primeira prova de 2019, que seria a tradicional Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil, com 55 milhas. Porém a falta de vento obrigou a Comissão de Regatas a encurtar as três regatas, transformadas em provas de percurso pequeno. Essa mudança obrigou a Comissão de Regatas a transferir o dia de descanso de segunda (15) para terça-feira. Nesta segunda-feira será realizada uma regata para todas as classes, a partir das 10h. O Veleiros do Sul compete nas classes Clássicos com o barco Madrugada, Niels Rump, e ORC com o Crioula29, de Renato Plass, saiba mais aqui . Crédito das fotos : Marco Yamin / Sectur Ilhabela

O desfile de barcos teve início pouco antes das 10h30, quando as embarcações começaram a se apresentar para o público, que lotou o píer do Race Village. Um a um eles iam passando e eram saudados pelas pessoas no local. Entre elas estava Ana Lúcia, esposa de Francisco de Paula Diogo de Freitas, o comandante do San Chico (ORC Internacional), vindos de Porto Alegre (RS).

"Foram pouco mais de seis dias de viagem pelo mar para que o barco chegasse à Ilhabela. Quatro dos nove tripulantes vieram navegando. Quando saíram de lá, fazia 2º C em terra, enquanto no mar a temperatura era negativa. Eles têm um instrumento de GPS que você pode ir acompanhando online, então dia e noite eu entrava no site para ver onde eles estavam", disse Ana Lucia, acompanhada da sua nora, Regiane, da neta, Helena, além de Patrícia e Matheus, mãe e irmão, respectivamente, de um dos tripulantes, Lucas Mazim, o Sorriso. 

Quem também acompanhou o desfile foi Oliver Scheidt, primo do velejador dono de cinco medalhas olímpicas, Robert Scheidt. Oliver assistiu as festividades no Race Village ao lado de sua esposa, Lucella Zimmermann, e dos filhos Victor e Klaus. "Frequento a Ilhabela há praticamente 41 anos. Os primeiros 31 eu vinha para cá como turista, enquanto últimos dez anos estou morando aqui junto com minha esposa e filhos. Trouxe as crianças para cá, para que eles se aproximem mais do esporte", contou Oliver.

"O Victor tem 8 anos e já veleja de Optimist, fazendo toda terça e quinta aula na Escola de Vela do Lars Grael. Para nós é gratificante acompanhar o evento aqui, no quintal de casa, e também saber que o Robert está qualificado para sua sétima Olimpíada. Os esportes aquáticos estão no sangue da nossa família. Gostamos muito de estar aqui", finalizou Oliver Scheidt.

Cerimônia de abertura - A Semana de Vela de Ilhabela teve a cerimônia de abertura na noite deste sábado (13) no Race Village, com apresentação da Banda do 8º Distrito Naval da Marinha. Logo em seguida, autoridades subiram ao palco e inauguraram a 46ª edição do evento. Participaram da solenidade: Mauro Dottori (diretor de vela do Yacth Club Ilhabela), Bianca Colepicolo (secretária de Turismo de Ilhabela), Vice-Almirante Cláudio Henrique Melo de Almeida (8º Distrito Naval), Ricardo Salles (Ministro do Meio Ambiente), Gracinha Ferreira (Prefeita de Ilhabela), José Luiz Gandini (Comodoro do Yacht Club Ilhabela), Julio Cardoso (diretor de Meio Ambiente) e Beto de Mazinho (secretário de Esportes de Ilhabela). O encerramento da noite foi embalado pelos clássicos da banda Beatles 4Ever, para alegria do grande público que lotou o Race Village, em homenagem ao Dia do Rock.