Tel: +55 (51) 3265-1717

Tripulação do Madrugada recebeu troféu na premiação desta quarta-feira da Semana de Vela de Ilhabela

A tripulação do Madrugada, de Niels Rump (Veleiros do Sul), homenageado nesta edição da Semana de Vela de Ilhabela, recebeu o troféu, que é modelo do barco gaúcho, pelo fita azul na Regata Toque Toque na classe Clássicos.

Com mais um dia de quase nenhum vento no Canal de São Sebastião, mais uma vez a Comissão de Regatas teve de cancelar as regatas previstas para hoje.

Com isso a classificação da 46ª Semana Internacional de Ilhabela segue embolada. Com apenas duas regatas de percurso realizadas, várias equipes estão empatadas na pontuação. O vento vem sendo protagonista, seja por ausência ou por excesso em Ilhabela (SP)! Nesta quarta-feira (17), as regatas foram mais uma vez canceladas devido às condições do tempo. Com isso, a decisão será jogada para os próximos dias. 

Os barcos chegaram a sair para a água e ficaram boiando à espera do vento. Com a chuva, a comissão de regatas decidiu cancelar a realização das provas. A previsão para a quinta-feira (18) é de ventos com intensidade média e a organização antecipou o horário de partida para as 11 horas.

”Vamos tentar fazer três regatas e tirar o atraso de hoje”, explicou Cuca Sodré, chefe da comissão de regatas da Semana Internacional de Vela de Ilhabela.

“Hoje ameaçou de um lado e de outro. Tinha muita precipitação de chuva, e conforme a chuva aparecia, rondava o vento e não formava de lado nenhum. A gente tentou esperar até as 15 horas, mas não tinha condições, então anulamos”.

“Se a gente olhar, ontem tinha 35 nós e hoje zero. Na média o vento estava bom, com 18 nós”, brincou Alexandre Leal, comandante do Loyalt 6 Team, (Veleiros do Sul) da C-30. A classe é uma das mais equilibradas da competição.

“O esporte é assim mesmo, às vezes tem muito vento, às vezes tem pouco. A gente está esperando um vento mais adequado, porque nos dois primeiros dias também não teve um vento muito forte. E como a gente gosta de velejar rápido, quanto mais vento melhor, mas sempre com segurança.”

Para equipes como a do Zorro, brigando entre os cinco primeiros colocados na classe IRC, a expectativa é conquistar alguma vantagem com a realização das regatas mais curtas, disputadas entre boias, as chamadas barla-sotas. 

Mais uma vez, os velejadores foram recepcionados no Yacht Club de Ilhabela com a tradicional canoa de cerveja e um show especialmente contratado para o evento. Nesta quarta, a Soul Brasil ajudou a animar os participantes da Semana de Vela. 

Premiação das regatas de percurso

A premiação das primeiras regatas da competição foi programada para as 20h desta quarta-feira (17), no Race Village. Serão premiados os primeiros colocados nas provas de percurso realizadas entre domingo e segunda, como a Toque-Toque por Boreste e Renato Frankenthal. 

O Pajero (Eduardo Souza Ramos), na classe ORC, foi o fita azul da primeira largada. O Madrugada (Niels Rump), veleiro Clássico homenageado nesta edição, recebeu o prêmio como o fita azul da segunda largada. 

Veja abaixo todos os vencedores:

ORC A – BMW Motorrad (Marcos Ferrari e Lars Grael)

ORC B – Bravo (Jorge Martinez)

IRC A – Itajaí Sailing Team (Alexandre Santos)

IRC B – Asbar II (Sérgio Keplacz)

RGS A – Zeus (Paulo Fernando de Moura)

RGS B – BL 3 Urca (Clauberto Andrade)

Fita Azul 1ª largada – Pajero (Eduardo Souza Ramos)

Multicasco – Maré XX (Benoit Joufflineau)

Mini Transat – Daddy-O (José Carlos de Souza)

Clássico – Madrugada (Niels Rump)

Bico de Proa A – Bacanas IV (Christian Lundgren)

Bico de Proa B – H2Orça (Hilpert Zamith)

Bico de Proa C – Newport (Ruy Mendes Vita)

C-30 – Caiçara (Alberto Kunath)

RGS C – Rainha Empresta Capital (Leonardo Pacheco) 

Fita Azul da 2ª largada – Madrugada (Niels Rump)

Regata Renato Frankenthal

HPE-25 – Ginga (Breno Chvaicer)

Súmula: sivilhabela.com.br/resultados