Tel: +55 (51) 3265-1717

10/01/10

Iniciou neste sábado em Salvador, na Baía de Todos os Santos, o Campeonato Brasileiro de Optimist 2010 com 160 velejadores que foram classificados para representar seus estados e federações.

Logo após a Cerimônia de Abertura aconteceu a tradicional Regata de Abertura onde os velejadores foram divididos em 2 baterias (numerais ímpares e numerais pares). Nosso representante da Flotilha Minuano, Thiago Ribas, venceu a regata da bateria com os numerais pares num dia de ventos moderados e de sol forte típico da região nordeste.

brasileiro_optmist

Nos próximos 8 dias teremos 15 regatas para completar a programação do campeonato e definir os representantes brasileiros no Campeonato Sul-Americano 2010 que será no Uruguai.

Temos ainda a presença de Rafael Bromberg representando o VDS e o estreante Bruno Palmeira que conquistou a 23º posição na Copa Brasil de Estreantes, que encerrou na sexta-feira.

Bons Ventos aos Optimistas!

Carla e Eduardo

13/12/09

As competições comemorativas dos 75 anos do Veleiros do Sul teve a participação de 112 barcos no total das classes monotipos e oceano. O forte vento no sábado, que chegou a rajadas de mais de 40 nós, levou a transferência das regatas dos monotipos para o domingo pela manhã e a tarde foi a disputa de oceano. A raia para todas as provas foi montada 8 na área da baia do Cristal em frente ao Veleiros do Sul.

regata_VDS75_5

regata_VDS75_4

regata_VDS75_3

O vento no domingo deu boas condições para os velejadores. Pela manhã ficou entre 8 e 10 nós na direção sul e à tarde virou para leste aumentando um pouco mais a intensidade. Uma das marcas da raia foi colocada próxima ao farol do Clube, e assim permitiu o acompanhamento da regata pelo público. O Veleiraço Marinha do Brasil para barcos de cruzeiro reuniu velejadores, familiares e amigos nos barcos, todos contagiados pelo espírito de uma competição bem alegre. O percurso foi de três voltas entre as bóias colocadas, próximo ao farolete do Clube, na ponta da enseada do Cristal e no par da Piava.

No final da tarde foi realizada a entrega de prêmios e após show de pagode.

regata_VDS75_2

regata_VDS75_1

Os vencedores nos monotipos:

Laser Standard - Samuel Albrecht (VDS), Radial - Henrique Silva Dias (VDS); 4.7 - Martin Rump (VDS)

Hobie Cat 16 - Mario Dubeaux e Victor M. Dubeaux (CDJ); Hobie Cat 14 - Jéferson Rosário (ICG)

Soling - Kadú Bergenthal, Gabriel Nogueira, Vilneui Goldmeier (VDS)

Snipe - Gustavo Thiesen e Valéria Fabiano (VDS)

Optimist veteranos - Pedro Zonta (CDJ); Optimist estreantes - Ana Paula Lutz do Canto (VDS).

Os vencedores na classe Oceano:

ORC Club – Kamikaze XI, de Hilton Piccolo (CDJ)

RGS – Cavaco, de Aléxis Knebel (VDS)

Veleiraço Marinha do Brasil – Força Livre e Fita Azul – Angela II, de Ângela Plass (VDS), que ficou de posse do troféu rotativo Marinha do Brasil.

CR 20’ – Azulão, de Rodrigo Baldino (SAVA)

CR 23’ – Meu Garoto, de Nilmar Flores (VDS)

CR 26' – Realidade II, de Ricardo Englert (VDS)

CR 30' – Aquário II, de Henrique Ilha (VDS)

CR 35' – Delírio, de José Ilha (VDS)

CR 36' – Friday Night, de Frederico Roth (VDS)

CR 40' – Xerife, de Luiz Gustavo Tarragô de Oliveira (VDS)

Ao Veleiros do Sul

A/c.: Comodoria Esportiva

Prezado Senhor Eduardo Ribas

Em nome do Comitê de Oficiais, da Superintendência e da Coordenação Técnica da Confederação Brasileira de Vela e Motor, gostaria de deixar registradas as nossas congratulações pelo sucesso da realização impecável dos Campeonatos Brasileiros da Classe Match Race com as suas Categorias.

Em especial agradecemos pela eficiente acolhida e organização do Seminário Nacional de Árbitros de Regata da CBVM realizado entre os dias 17 e 20 de Dezembro de 2009 que contou com a presença da Árbitra Internacional e atual Presidente do Comitê de Árbitros da ISAF, a Sra. Marianne Middelthon, como Instrutora Principal do Seminário. O evento contou com a presença de nove oficiais de regata em especialização que muito elogiaram a infraestrutura do VDS e principalmente os conhecimentos da Instrutora que com maestria gerenciou o Seminário e Chefiou a Equipe de Árbitros do Evento.

O Veleiros do Sul tem a cada ano, e evento, consolidado cada vez mais a sua importância no desenvolvimento da Classe Match Race no Brasil e consolidando as atribuições do Núcleo de Alto Rendimento da CBVM.

Esperamos consolidar novos projetos e estreitar os laços na assessoria de atuação para o desenvolvimento da vela desportiva nas águas de Porto Alegre.

Desejamo-lhes nossos mais sinceros votos de felicidades neste calendário que se finda, e as mais corajosas saudações para o ano que se inicia.

Bons Ventos,
Jônatas Freitas Moraes Gonçalves
Assistente Técnico
Confederação Brasileira de Vela e Motor
55 21 3139.9200 | 55 21 3139.9215 fax
55 21 9142.3029 www.cbvm.org.br

14/12/09

Dentro da programação social dos 75 anos, fizeram parte o Bazar de Natal e a chegada do Papai Noel. O movimento foi intenso no fim de semana no hangar 1, com as pessoas aproveitando para fazerem as suas compras de final de ano. O Bazar contou com 53 expositores que trouxeram grande variedade de produtos, entre os quais jóias, bijuterias, artesanato em geral, enfeites de natal, roupas e decoração para casa.

bazar_natal

A abertura foi no sábado ao meio-dia e o encerramento aconteceu no domingo às 19 horas. Além dos produtos, os sócios e visitantes contaram com uma ilha de massagem terapêutica no local. No domingo à tarde houve um desfile de modas com artigos que fizeram parte do Bazar. As modelos foram as próprias expositoras e sócias do Clube.

bazar_natal1



Mamãe Noel: Na tarde de domingo a criançada também teve seu momento de diversão com a chegada da “Mamãe Noel”. Ela chegou no Clube de barco acompanhada de sua auxiliar e distribuiu balas e bombons. As crianças e pais foram até a rampa central e flutuante para receber a Mamãe Noel. No hangar 1 foi montado vários brinquedos para a diversão dos pequenos.

chegada_noel1

chegada_noel2

chegada_noel3

Aposição floral: A tradição marinheira da cerimônia de aposição floral junto ao busto do Almirante Tamandaré faz parte da vida do Clube. O comodoro Augusto César Streppel comandou a solenidade no domingo que marcou o encerramento dos 75 anos de fundação do Clube, data que também é comemorado o Dia do Marinheiro.

aposicao_floral

A aposição floral foi executada pelo presidente do Conselho Deliberativo Luiz Gustavo Tarrago de Oliveira e pelo delegado da Capitania dos Portos em Porto Alegre , comandante Ricardo Pereira da Silva. Eles também realizaram no mastro naval do Clube, junto ao busto do Almirante Tamandaré, o cerimonial do arriar a bandeira, na hora do pôr-do-sol. Participaram da cerimônia os vice-comodoros André Coelho, Cylon Rosa Neto, Ricardo Englert e Eduardo Ribas, e sócios do Clube.

O Veleiros do Sul recebeu o convite para a cerimônia de entrega do prêmio Brasil Olímpico 2009, que será realizada na segunda-feira, dia 21, às 18h30min no Ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro com transmissão pela Sport TV. Além da homenagem aos melhores atletas, técnicos e clubes da temporada por seus significativos resultados será celebrada a conquista da Cidade do Rio de Janeiro à sede dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016.
O Veleiros do Sul também receberá do COB o diploma em reconhecimento ao seu apoio e participação na valorização e desenvolvimento do Movimento Olímpico Brasileiro. O evento terá a presença do comodoro Augusto César Streppel.

Prêmio Brasil Olímpico

Criado em 1999 por iniciativa do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), o Prêmio Brasil Olímpico passou a ser o símbolo máximo do reconhecimento aos atletas brasileiros, em forma de premiação aos que mais se destacaram em competições disputadas no Brasil e no mundo em um determinado ano. É o prêmio mais importante, o Oscar do esporte olímpico brasileiro, pois abrange todas as modalidades olímpicas disputadas no país e mais outras vinculadas ao COB.

A escolha dos premiados é feita por meio de votação combinada de um júri selecionado, o Colégio Eleitoral, e um júri popular. Ambos usando a Internet como meio para registrar seus votos. Além dos prêmios por cada modalidade e os de melhor do ano no masculino e no feminino, também é concedido o de Personalidade Olímpica às figuras públicas cujo trabalho ou contribuição tenham sido relevantes para o esporte e seu desenvolvimento.

20/12/09

A final do Campeonato Brasileiro de Match Race, que está sendo disputado no Veleiros do Sul, foi transferida para esta segunda-feira devido a falta de vento. As equipes de Juliana Mota e Renata Decnop, ambas do Rio de Janeiro, são as finalistas da divisão feminina. A decisão do título será numa série de melhor de três regatas. Mota se classificou ao vencer por 2 a 1 Raquel Aimone (DF) na semifinal no sábado, enquanto Decnop eliminou a gaúcha Martha Rocha por 2 a 1 neste domingo pela manhã. Rocha e Raquel Aimone (DF) disputam a terceira colocação. No primeiro confronto elas Aimone saiu na frente com 1 a 0.

final_matchrace1

Na divisão Open os semifinalistas foram conhecidos após o término da primeira fase neste domingo: Samuel Albrecht (RS) e Marco Soffiatti (RJ) ficaram empatados em cinco pontos no round robin, Rodrigo Duarte (RS) e Ricardo Lobato (RJ) com quatro pontos.

final_matchrace2

O vento foi de intensidade fraca na direção norte pela manhã. Deu uma parada no meio do dia e devido a mudança do tempo o Guaíba ficou numa total calmaria à tarde. A previsão é da chegada de uma frente fria nesta segunda-feira. O campeonato seguirá a partir das 10 horas. Participam equipes de Brasília, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo.

final_matchrace3

Abramatch – Na assembléia da Associação Brasileira de Match Race realizada neste domingo no Veleiros do Sul foi eleita a nova diretoria. O gaúcho Nelson Ilha ficou na presidência e o carioca Ricardo Lobato na vice-presidência. A gaúcha Martha Rocha ficou como secretária. Na reunião também foi definido que o Brasileiro feminino de Match Race de 2010 será em Brasília.

18/12/09

A divisão feminina do Brasileiro de Match Race iniciou nesta sexta-feira no Veleiros do Sul, em Porto Alegre com a participação de sete equipes, de Brasília, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. A programação das regatas começou às 10 horas, mas teve três paralisações devido ao vento inconstante que mudou várias vezes de posição. À tarde as condições melhoraram com a entrada do vento leste de intensidade média de 10 nós.

bra_matchrace_fem4

A primeira regata das mulheres foi entre a as equipes da carioca Renata Decnop e Rossana Ramos, de Brasília. A vantagem na primeira volta foi da Decnop, mas Ramos conseguiu ultrapassar a sua adversária e ganhou o match. Já a campeã sul-americana de match race, Juliana Motta, do RJ, pegou pela frente a novata Anelize Caminha (RS) e não teve dificuldade para chegar em primeiro. Ela teve o melhor aproveitamento do dia, ao obter três vitórias em três regatas.

bra_matchrace_fem5

A equipe de Juliana Senfft, de Niterói perdeu os dois primeiros confrontos, para Raquel Aimone, de Brasília, e para a gaúcha Martha Rocha. No match entre Sefft e Rocha, a gaúcha viu que o leme do barco rachou no primeiro contravento e tomou todo cuidado para não quebrar de vez, mas ao manobrar na bóia o leme se partiu, deixando a timoneira apenas com um pequeno pedaço, dificultando a dirigibilidade do veleiro.

Mas na bóia seguinte a timoneira do RJ cometeu um erro ao não dar espaço para a Rocha manobrar, sofreu um pênalti e como saiu favorecida teve que pagar na hora, dando a chance para a gaúcha abrir uma diferença e vencer.

bra_matchrace_fem6

A primeira fase das mulheres conta com 21 regatas que encerrarão neste sábado. Depois será a disputa da semifinal e final. No sábado será também a vez dos homens entrarem na raia. A divisão Open conta com sete timoneiros: Marco Grael (RJ), Ricardo Lobato (RJ), Nelson Ilha (RS), Cícero Hartmann (RS), Samuel Albrecht (RS) Henrique Dias (RS) e Felipe Echenique (SP). A competição começará às 10 horas. O Brasiliero de Match Race está classificado como competição de Grau 3 pela Federação Internacional de Vela (ISAF) e conta com equipes de Brasília, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo.

19/12/09

A equipe da comandante Juliana Mota (RJ) já está na final feminina do Campeonato Brasileiro de Match Race que está sendo disputado no Veleiros do Sul. Ela venceu por 2 a 1 Raquel Aimone (DF) na melhor da série de três regatas. A outra finalista sairá do confronto entre as timoneiras Martha Rocha (RS), Renata Decnop (RJ) neste domingo. Quem perder vai disputar o terceiro lugar com Aimone.

bra_matchrace_fem1

A divisão Open iniciou a primeira fase neste sábado e ainda está sem a definição dos semifinalistas. Marco Siffiatti (RJ) venceu duas das três regatas que disputou e ainda falta mais quatro matches para ele. O comandante Samuel Albrecht (RS) foi o único dos oito competidores a completar a chave da primeira fase e somou cinco pontos em sete regatas. Agora terá que esperar pelos demais resultados dos adversários para a semifinal.

bra_matchrace_fem2

O vento foi de intensidade fraca na direção norte no Guaíba pela manhã. Deu uma parada no meio do dia, a tarde passou para sul e depois para sudeste com intensidade média de 12 nós. O Brasileiro segue neste domingo a partir das 10 horas. A competição conta com equipes de Brasília, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo.

bra_matchrace_fem3

O Veleiros do Sul com George Nehm, Marcos P. Ribeiro e Lucio P. Ribeiro ficou em segundo lugar no Campeonato Sul-Americano da classe Soling, realizado de 10 a 12 deste mês em Colonia, no Uruguai. Os campões foram os argentinos Gustavo Warburg, Gerardo Della Torre e Eric Mones Ruiz.
Os demais resultados das tripulações do Clube:

4° - Cicero Hartmann, Flávio Quevedo e Andre Renard

6º - Andre Wahrlich Eduardo Rocha Leonardo Gomes

12º - Niels Rump, Frederico Sidou e Carlo de Leo

O Campeonato teve a participação de 18 barcos da América do Sul e Europa.

Nota e fotos: http://juanpa-cadario.blogspot.com/2009/12/sudamericano-de-soling-en-colonia.html Video: http://www.youtube.com/watch?v=c6jRQMKCuNw

17/12/09

A divisão das mulheres terá a participação das melhores timoneiras do país

O Brasileiro de Match Race começou nesta quinta-feira em Porto Alegre e já fez o seu primeiro campeão. Foi o comandante Geison Mendes, do Veleiros do Sul, que conquistou o título da divisão Júnior ao somar cinco vitórias em nove regatas. Em segundo lugar ficou Henrique Dias, seguido por Alan Willy. Com três tripulações inscritas, a competição pode ser feita em apenas um dia. A disputa ficou mais centralizada entre as duas primeiras equipes devido ao equilíbrio técnico. No último confronto os dois barcos andaram parelhos e teve três penalizações: duas do Mendes e uma para o Dias, que acabou ganhando a regata, mas não o título.

bra_matchrace_junior3

A divisão Júnior é para jovens até 21 anos, e quase que Geison Mendes ficou de fora, pois completa 22 anos no próximo dia 26. “Os confrontos foram bons, mas infelizmente com poucas equipes. Alguns tiveram que optar por participar numa só categoria, como foi o caso do Marco Grael que está na Open, e também as mulheres, e isso esvaziou a Júnior”, disse Mendes que contou na sua tripulação com os velejadores Paulo Lemos Ribeiro, Lorenzo Medeiros e Alexandre Niederauer.

bra_matchrace_junior1

O Brasileiro de Match Race prossegue nesta sexta-feira com o início da primeira fase da divisão feminina e promete ser muito competitivo por que estão presentes em Porto Alegre as melhores timoneiras nacionais de match race: Juliana Senfft (RJ), Rossana Ramos (DF), Juliana Mota (RJ), Martha Rocha (RS), Raquel Aimone (DF), Renata Decnop (RJ) e Anelize Caminha (RS). Às 9 horas será a reunião das timoneiras e as regatas começam às 9h30min.

bra_matchrace_junior3

A divisão dos homens (Open) começa no sábado. O encerramento está previsto para o domingo, mas em caso de necessidade vai até a segunda-feira. O Brasiliero de Match Race está classificado como competição de Grau 3 pela Federação Internacional de Vela (ISAF) e conta com equipes de Brasília, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo.

16/12/09

O Campeonato Brasileiro de Match Race começa nesta quinta-feira (17) no Veleiros do Sul, em Porto Alegre , com a participação de equipes de Brasília, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo. O primeiro dia da competição de barco contra barco está reservado somente para as regatas da divisão Júnior, que conta com três tripulações comandadas por Henrique Silva Dias, Alan Benkler Willy e Geison Mendes. Nesta categoria a idade limite dos velejadores é de 21 anos. As 9h30min será feita e reunião de timoneiros e às 10h30min começam os matches.

A divisão Feminina terá somente treinos e apenas na sexta-feira iniciará os confrontos entre as mulheres. E a divisão Open será no fim de semana. O encerramento está previsto para o domingo, mas se houver necessidade o campeonato se estenderá até a segunda-feira.

O Brasileiro de Match Race está classificado como competição de Grau 3 pela Federação Internacional de Vela (ISAF). As vagas foram preenchidas pela classificação no ranking da ISAF, dos timoneiros (de outubro de 2009), e dois convidados dos organizadores do evento. Os barcos utilizados no Brasileiro serão da classe J-24 para quatro tripulantes, nas divisões Open e Divisão Júnior, e Ranger 22 para três tripulantes na divisão Feminina. O formato do Campeonato será na primeira fase disputado em duas chaves e um round robin em cada chave, depois semifinal e final.

Seminário – Junto com o Brasileiro de match race será realizado um seminário para árbitros de vela nacionais. Será ministrado pelos instrutores Ricardo Lobato, do Brasil, que pertence ao quadro de árbitros internacionais e do Sub-Comitê da ISAF, e por Marianne Middelthon, da Noruega, que é juíza e umpire da ISAF e da America’s Cup. O match race foi transformado em modalidade olímpica feminina e fará parte dos Jogos de Londres em 2012.

Lista de Comandantes

Divisão Open

Marco Grael (RJ)

Ricardo Lobato (RJ)

Nelson Ilha (RS)

Cícero Hartmann (RS)

Samuel Albrecht (RS)

Henrique Dias (RS)

Felipe Echenique (SP)

Divisão Feminina

Juliana Senfft (RJ)

Rossana Ramos (DF)

Juliana Mota (RJ)

Martha Rocha (RS)

Raquel Aimone (DF)

Renata Decnop (RJ)

Anelize Caminha (RS)

Divisão Junior

Henrique Dias (RS)

Alan Benkler Willy (RS)

Geison Mendes (RS)

15/12/09

A sócia Inge Korberg Krahe, 95 anos, faleceu nesta segunda-feira e foi sepultada hoje à tarde no cemitério Evangélico em Porto Alegre. Ela foi casada com Rolf Krahe, falecido em 1991, que fez parte do grupo de fundadores do Clube em 13 de dezembro de 1934.

Ingekrahe2

Escolhida como madrinha do Veleiros do Sul, Inge ergueu a bandeira do Clube na cerimônia de inauguração da sede em 31 de março de 1935 no bairro Navegantes. A sua família mantém até hoje forte ligação com o esporte da vela.

Ingekrahe1

Inge Korberg Krahe ergue a bandeira do VDS ao lado do instrutor do Clube João Pedro Machado.