420

420

Projetado por Christian Maury, em 1959, o 420 é um barco de dois tripulantes com 4,20m de comprimento que possui três velas e trapézio. Uma das vantagens que ele possui é que, alterando a sua regulagem, permite que tripulações em um amplo intervalo de peso possam ser competitivas. Assim, tornou-se particularmente popular entre os mais jovens, na medida em que pode ser ajustado de acordo com o seu peso e habilidade.

Rapidamente, ele se espalhou pelo mundo inteiro e campeonatos nacionais, europeus, mundiais passaram a ser corridos regularmente. Velejadores de todas as idades, compondo tripulações femininas, masculinas ou mistas, podem competir no campeonato mundial, na medida em que tenham sido selecionados em seus países de origem. O mundial feminino aceita tripulações de todas as idades, selecionadas por seus países, onde ambos os tripulantes devem ser do sexo feminino. O campeonato mundial da juventude aceita tripulações com idade inferior a 19 anos no ano do campeonato. No mundial da juventude são aceitas tripulações femininas, masculinas ou mistas.

Desde a sua concepção, muitas melhorias foram feitas, para lidar com os novos materiais e os avanços em ferragens e velas. Em 1996, a Classe Internacional aprovou uma mudança no layout do convés, que tornou o barco mais forte, mais rápido e mais divertido, assegurando que ele seja tão difundido atualmente como foi em suas primeiras décadas.

 

Capitã de Flotilha:
Sandra Regina Santos da Silva
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
+55 51 984 597 689
Tesoureira Nacional da Classe 420

Técnico: Gustavo Canal Thiesen

Flotilha:
Guilherme Becker de A Santos
Germano Becker dos Santos
Pedro Henrique Amine
Pedro Schleiniger Mueller
Letícia Santos da Silva
Taís Loch Quevedo

Date

24 Agosto 2019

Tags

Flotilhas