Amazônia Azul: uma homenagem ao nosso maior tesouro

Com o objetivo de alertar sobre a importância da preservação, o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado hoje, 5 de junho, abrange temas relacionados aos diferentes recursos naturais – e é claro que a nossa maior riqueza também é parte dessa homenagem: o mar.

No Brasil, a extensa área oceânica permite 5,7 milhões de km² de espaço marítimo a ser explorado, o que representa cerca da metade da massa continental do país. Não é à toa que o amplo território recebe o nome de Amazônia Azul, pela Marinha do Brasil, em comparação à floresta amazônica, tesouro tão precioso quanto as nossas águas.

O patrimônio existente em nossa faixa oceânica envolve navegação, pesca, turismo e, principalmente, extração de gás e petróleo, o que torna o mar uma riqueza importante para a economia do país. Nas reservas do pré-sal, são retirados aproximadamente 95% do petróleo, 80% do gás natural e 45% do pescado produzido, e é através da Amazônia Azul que circulam 95% do comércio exterior brasileiro.

Pela sua grandeza, há uma rica biodiversidade ainda inexplorada ao longo de sua enorme extensão. No cuidado com o nosso mar, é preciso aliar fiscalização, preservação e sustentabilidade, e é justamente essa a proposta do programa Amazônia Azul.  

Criado para preservar e inserir sustentabilidade aos mares e rios do Brasil, o projeto evita que o território marítimo seja negativamente impactado por efeitos danosos da poluição, prezando pela revitalização urbana e pela valorização da paisagem natural. Mas afinal, como isso é feito?

Ações Ambientais

Projetos e ações voltados para o uso sustentável de recursos naturais foram implementados para efetivar as ideias de proteção a área oceânica. Coordenados pela Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (CIRM), estes programas governamentais desempenham um importante papel para o desenvolvimento ambiental.

Confira alguns exemplos:

PROMAR – Programa de Mentalidade Marítima

Voltado para crianças e jovens, tem o objetivo de estimular o interesse pelo mar, bem como a responsabilidade de cuidado e preservação, propondo a inclusão de temas ligados ao mar nas grades curriculares de ensino.

REVIMAR – Avaliação, Monitoramento e Conservação da Biodiversidade Marinha

Com foco ecossistêmico, o programa estabelece as bases científicas e ações integradas capazes de subsidiar políticas, ações e estratégias de gestão compartilhada para a conservação e o uso sustentável dos recursos vivos.

BIOMAR – Biotecnologia Marinha

Estimula e desenvolve o estudo, absorve tecnologias e promove a inovação em produtos, serviços e processos para o aproveitamento sustentável do potencial biotecnológico dos organismos marinhos existentes nas zonas costeiras.

Preservar as águas do Brasil é o objetivo de todos nós. Por isso, no dia de hoje, não poderíamos deixar de homenagear uma das nossas maiores riquezas, a imensa Amazônia Azul.  


Imprimir   Email