Dicas para escolher o primeiro barco

Antes de comprar uma embarcação, é preciso conhecer os principais tipos de barcos e entender um pouco sobre suas especificações. Afinal, com tantos modelos, tamanhos e motores, acertar na compra não é tarefa fácil. Para ajudar na escolha, confira as dicas do VDS e saiba como começar a procurar por esse meio que promete ser a sua nova paixão.

- Defina o seu objetivo.

Em primeiro lugar, lembre-se de que a sua aquisição deve combinar com o seu perfil, ou seja, seu estilo de vida deve estar diretamente ligado à sua compra, que pode ser para lazer ou para a prática de esportes, por exemplo. Questione-se: Onde vou navegar? Com que frequência? Com quem? Essas perguntas são importantes e decisivas na primeira etapa do processo.

- Pesquise modelos.

Veleiros ou lanchas. 16 ou 40 pés. Esportivos ou elegantes. As opções são muitas e, é claro, que existe um tipo de barco certo para você. Para navegar em mar aberto, recomenda-se cascos altos e resistentes. Já em águas rasas, embarcações com motor de popa e bordas não muito altas são ideais. Em relação a proa, a escolha vai depender do gosto e das necessidades do comprador, podendo ser aberta (com área de convívio) ou fechada (com cabine). Além disso, deve-se levar em conta também os gastos aliados à compra, como, por exemplo, as manutenções, a marina e os materiais de salvatagem.

- Navegar também exige conforto.

Ao comprar um carro, o conforto costuma fazer parte da lista de exigências do consumidor – e com as embarcações não é diferente. Assim como um automóvel, o primeiro barco também deve aliar conforto, design e desempenho, seja para longas viagens a bordo ou para passeios curtos nos fins de semana.

- Atenção para o motor.

Com exceção dos veleiros, que têm como “motor” suas próprias velas e fluem de acordo com a força do vento (o motor real é utilizado apenas em situações específicas, como manobras), os barcos do tipo lancha ou bote necessitam de bons motores para o seu funcionamento. Para iniciantes e principalmente para grandes passeios, a dica é apostar no motor centro-rabeta, situado na área central do barco, que equilibra, não pesa, e o torna mais rápido. Já o motor popa, como falamos anteriormente, costuma ser indicado para águas rasas em barcos de até 24 pés.

E aí, gostou das dicas? Hora de escolher o seu primeiro barco. Converse com especialistas e descubra qual o modelo ideal para o seu objetivo.


Imprimir   Email